CBF:Decisão polêmica tira o hexacampeonato do Flamengo.


Justicia foi feita

Nesta quarta-feira (14), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou uma decisão polêmica: o São Paulo foi o primeiro clube a conquistar cinco edições do Campeonato Brasileiro – e não o Flamengo. O motivo dessa polêmica surgiu há mais de duas décadas.

Em 1987, a CBF, com dificuldades financeiras, desistiu de organizar o Brasileirão. As principais agremiações do país criaram o Clube dos 13, que organizou a Copa União – torneio nacional com 16 times.

Depois, a CBF voltou atrás e mais times foram incluídos no campeonato, dividido em dois módulos. O verde reuniu as 16 principais equipes do país. O amarelo tinha outros 16 clubes. Com o campeonato já em andamento, foi proposto que o campeão e o vice de cada módulo se enfrentassem em um quadrangular final.

Antes que este cruzamento final acontecesse, o Clube dos 13 anunciou que não o reconhecia. Assim, o Flamengo, campeão do módulo verde, e o Internacional, vice, não jogaram contra Sport e Guarani, representantes do amarelo. Sport e Guarani disputaram o quadrangular final, venceram Flamengo e Internacional por WO e, na disputa entre eles, o Sport foi o campeão.

Por isso, a CBF, considera o título brasileiro do Flamengo conquistado no ano passado o quinto – e não o sexto.

“O Sport é, de fato, campeão. A Justiça já reconheceu isso há alguns anos. Agora, esse gesto da CBF é muito bem-vindo. É um reconhecimento. E reconhecimentos são sempre bem-vindos. Nós do clube aceitamos com prazer”, comemora o vice-presidente de futebol do Sport, Francisco Guerra.