Zico, fora do Flamengo


 

 

A decepção do ídolo: ‘Esse clube, onde me formei, precisa voltar a ser grande’

O maior ídolo da história do time mais popular do Brasil anunciou nesta sexta-feira seu afastamento do clube. E num tom profundamente pessimista: de acordo com Zico, que deixou o cargo de diretor executivo, o Flamengo abriga pessoas que praticam “jogo sujo”. “Morreu no meu coração esse Flamengo de hoje”, afirmou o ex-craque, que conquistou todos os títulos possíveis como jogador da equipe carioca mas resistiu apenas quatro meses como cartola da atribulada instituição