Confusão no Enem 2010


O primeiro dia de provas do Enem 2010, no sábado (6), foi marcado por confusão. Na saída, os estudantes reclamaram da inversão dos nomes das áreas na folha de respostas e de problemas na prova amarela. Alguns jovens reclamaram que preencheram o gabarito com as questões invertidas.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério da Educação que organizada o exame, 27% dos 4,6 milhões de inscritos faltaram à prova.

Em entrevista, ainda no sábado, o presidente do Inep, Joaquim José Soares Neto, disse que foi informado sobre o erro na impressão do caderno de respostas por volta das 13h. Segundo ele, a orientação aos monitores foi passada “imediatamente”. “Hoje [domingo], temos outro dia de exames e os estudantes devem planejar seu dia com tranquilidade. Com a prova de amanhã, está tudo garantido, tudo certinho. É importante passar essa calma para os estudantes.”