Ibama apreende 439 quilos de lagosta em Areia Branca


Diversas instituições beneficentes de Natal começam a receber, nesta sexta-feira (26), 439 quilos de lagosta apreendidas ontem (25), nas proximidades de Areia Branca. Segundo os agentes ambientais responsáveis pela operação, as lagostas capturadas estavam irregulares por terem sido capturadas por mergulho mergulho com o auxílio de compressores, o que é proibido pela legislação ambiental.

Boa parte delas, de acordo com o Ibama, apresentava também tamanho inferior ao permitido. A operação ocorreu a 25 milhas náuticas da costa, cerca de 46 km, nas proximidades das plataformas petrolíferas do litoral norte do RN.

Os proprietários da embarcação serão multados em cerca de R$ 18 mil e responderão a processo por crime ambiental. A pena para estes casos pode chegar a 5 anos de reclusão.