MAIOR RESERVATÓRIO DO RN ALCANÇA 70% E DEFESA CIVIL EMITE ALERTA


A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, no município do Assú, e Santa Cruz, localizada em Apodi, atingiram 70% da capacidade de armazenamento, faltando 4,5 metros para atingirem o primeiro sangradouro. A avaliação é da Defesa Civil do Rio Grande do Norte. A situação é de alerta, uma vez que as duas barragens poderão transbordar caso haja a ocorrência de mais 700 milímetros de chuva. Nas demais regiões visitadas por representantes da Comissão de Defesa Civil (Codec) foram constatados outros problemas que também podem contribuir para possíveis inundações. Para corrigí-los, o Governo do Estado está notificando as autoridades responsáveis, prefeituras, órgãos da União e do próprio Estado. Só em Apodi, é preciso desassorear os rios Apodi e Umari, retirar entulhos, sedimentos, lixo e outros detritos para repor a capacidade de vazão, uma vez que a Defesa Civil relatou que havia risco de inundação no caso de transbordamento da barragem em mais de 13 distritos que a circundam, somando mais de 12 mil pessoas morando em áreas de risco, segundo a Codec. No município de Ipanguaçu, a Defesa Civil constatou erosão na parede externa da barragem do Pataxó, acompanhado de defeito nas comportas, impossibilitando sua abertura para dar vazão às águas, concentrando um elevado nível das águas. Em Assú, a erosão na parede externa da barragem Armando Ribeiro Gonçalves mostra a falta de manutenção, possibilitando riscos de inundação. A Defesa Civil também constatou riscos em cidades que margeiam o rio Piranhas, como Carnaubais, Pendências, Itajá, Alto do Rodrigues, Macau e Porto do Mangue.

fonte:dnonline