Câncer poderá afasta o ex-presidente Lula dos palanques 2012


Até por dever de ofício, os médicos são reticentes quando se trata de prever o futuro. Por prudência, não fazem prognósticos sobre a saúde do ex-presidente Lula a não ser aqueles que as estatísticas permitem anunciar: Lula tem 75% de chances de cura do câncer na laringe, neste caso sua voz será pouco afetada e seu tratamento inicial termina em fevereiro de 2012. Mas a esta altura, superada a perplexidade diante da notícia e feitas as devidas manifestações de solidariedade, aliados e adversários do petista já calculam o impacto político do fato novo.

Ambos os lados sabem que figuras públicas como Lula tendem a crescer politicamente ao travarem a batalha contra a doença. E o petista indica que pretende fazê-lo às claras. É que o drama humano por si só aproxima o personagem ao cidadão comum, que encontra novas formas de admirá-lo e de torcer por ele. Note-se o caso recente do vice José Alencar. Assim, ninguém duvida que Lula saia mais forte desta, sob todos os aspectos.

Vejam a seguir o vídeo que Lula agradece o apoio recebido: